CIVIL 3D - Corredores

Anterior: Calculando Superelevação e Superlargura

Depois que temos o alinhamento, o perfil e os assemblyes definidos no nosso arquivo, o próximo passo é fazer o corredor de terraplenagem, onde teremos representados os bordos da plataforma e os offsets de corte e aterro.

1. Criando um corredor


Para criarmos o corredor, vá ao menu Corridors e clique em Create Corridor. A seguinte janela irá se abrir:

Janela de criação do corredor
Janela de criação do corredor

barra de ferramentas adcadtools mais de 40 lisps

Na janela acima, podemos dar um nome ao corredor e escolher seu estilo. Mais abaixo, em Alignment, escolhemos o alinhamento no qual faremos o corredor. Em Profile, escolhemos o perfil longitudinal do alinhamento escolhido, do qual usaremos as elevações (nessa opção escolha o perfil projetado, não o perfil da superfície de terreno). E em Assembly escolhemos o assembly que será usado para a construção do corredor.

Mais abaixo, em Target Surface, escolhemos a superfície que será usada como alvo pelos subassemblyes de talude.

Deixe marcada a opção Set baseline and region para configurar o corredor depois que clicar em OK.
Clicando em OK, aparecerá a seguinte janela:

Janela para configurar os trechos do corredor
Janela para configurar os trechos do corredor

Na janela acima configuramos todo o corredor. Antes de vermos como fazer isso, pressione OK para ver como ficará o corredor. Mais adiante veremos como voltar à janela acima e configurar o corredor de diferentes formas.

Corredor criado
Corredor criado

Acima podemos ver como fica o corredor em determinado trecho do alinhamento. As hachuras amarelas representam os taludes de aterro e as hachuras rosas representam os taludes de corte. A parte entre as hachuras, que tem o eixo no meio, representa a plataforma. Dependendo da superfície que você está usando, e também do seu greide (perfil longitudinal), seu corredor pode ter ficado diferente de mostrado acima (com banquetas, por exemplo, que não temos nesse caso).

2. Configurando o corredor


Para configurarmos o corredor, clique sobre o corredor no desenho, depois clique com o botão direito e selecione Corridor Properties. Ou então, clique com o botão direito sobre o nome do corredor na aba Prospector da Toolspace e selecione Properties. A janela abaixo se abrirá.

Propriedades do corredor
Propriedades do corredor

Na janela de propriedades do corredor temos várias abas. Acima estamos na aba Information, onde podemos mudar o nome do Corredor, adicionar uma descrição e alterar o estilo. Na aba Parameters é onde alteramos as principais propriedades do Corredor. Clicando nela, temos:

Propriedades do corredor - aba Parameters
Propriedades do corredor - aba Parameters


2.1. Adicionando novas regiões ao corredor


No corredor que criamos, temos um único assembly que é aplicado do começo ao final do alinhamento. Porém, em um corredor podemos ter várias regiões (ou trechos). Em cada região, podemos definir qual assembly será utilizado, ou seja, no nosso corredor podemos ter regiões com diferentes larguras de plataforma, inclinação de corte e aterro, etc. Para adicionar mais uma região ao corredor, clique com o botão direito sobre a linha da Baseline existente no corredor e selecione a opção Add Region ou então clique com o botão direito sobre a linha da região existente e selecione a opção Insert Region – Before para adicionar uma região antes da região existente, ou a opção Insert Region – After para adicionar uma região depois da região existente. Veja abaixo o exemplo:

Adicionando uma nova região à baseline
Adicionando uma nova região à baseline

Adicionando uma nova região depois de outra região
Adicionando uma nova região depois de outra região
  

Depois de clicar para adicionar mais uma região, a seguinte janela é exibida:

Escolha do assembly da nova região
Escolha do assembly da nova região

Para adicionar a região, basta informar o nome da nova região (ou deixar para nomear automático) e o nome do assembly da nova região. Clique em OK e mais uma linha será adicionada a janela dos parâmetros.

Nova região criada no corredor
Nova região criada no corredor

Agora, vejamos como configurar nossas regiões. Para alterarmos qualquer item da região, basta clicar sobre o item e modificar. Por exemplo, para modificar o assembly, clique sobre o nome do assembly que se abrirá uma pequena janela para escolher outro assembly em uma lista de todos os assemblyes que existem no arquivo.

Repare na linha da nova região que a estaca inicial (Start Station) e a estaca final (End Station) estão iguais. Isso aconteceu porque foi adicionado uma região depois da região que já existia (Insert Region - After). Quando uma região é adicionada dessa forma, o Civil determina seu intervalo com a estaca inicial igual à estaca do final da região anterior, e a estaca final igual à estaca do final do alinhamento ou então igual à estaca do começo da próxima região, se houver.

Para alterar, basta clicar sobre a estaca e alterar digitando um novo valor; ou clicar sobre o ícone de seta ao lado do texto da estaca e clicar sobre um ponto do alinhamento. No caso acima, vou alterar a primeira região para terminar na estaca 2+0,00 e a segunda região para começar na estaca 2+0,00 e terminar no final do alinhamento, como já está. Veja como fica:

Propriedades das regiões do corredor
Propriedades das regiões do corredor


2.2. Modificando a frequência do corredor


É possível também alterarmos a frequência com que o Civil 3D calculará o corredor que está sendo configurado. Na coluna da frequência, clicamos nos três pontos [...]. Repare que cada linha de região temos os três pontos [...] para clicar; porém na primeira linha, que é a linha da baseline também temos. Ao clicar nos três pontos [...] da primeira linha, alteramos a frequência de todas as regiões. E ao clicar nos três pontos [...] em uma linha de região, alteramos só a frequência desta região. Você pode também clicar no botão Set All Frequences localizado na parte de cima da janela para configurar todas as frequências do corredor.
Bom, clicando sobre os três pontos [...] da baseline ou de uma linha de região ou no botão Set All Targets, a seguinte janela aparecerá:

Alterando as frequências da região do corredor
Alterando as frequências da região do corredor

Na janela acima configuramos qual o incremento (a cada quantos metros) que o Civil irá aplicar o assembly no corredor. Quanto menor o incremento, mais preciso ficará o corredor, porém, mais tempo o Civil vai demorar para calcular e consequentemente mais pesado ficará o arquivo.

No item Alignment da janela acima, temos a primeira opção Along Tangents, onde determinamos o incremento sobre as tangentes do alinhamento. Em Curve Increment, determinamos os incrementos nos trechos em curva. Em Along spirals determinamos o incremento nos trechos de espiral. Na opção At alignment geometry points marcamos Yes se quisermos que seja computado como ponto de frequência os pontos notáveis do alinhamento (PC, PT, etc.) e em At superelevation critical points marcamos Yes para computar os pontos críticos de superelevação.

No item Profile, definimos o incremento nos trechos de curva vertical na opção Along profile curves. Na opção At profile geometry points marcamos Yes se quisermos computar os pontos notáveis do perfil longitudinal (PCV, PTV). E em At high/low points marcamos Yes para computar os pontos altos e baixos das curvas do perfil longitudinal.

Em Offset target, na opção At offset target geometry points marcamos Yes para computar os vértices/pontos notáveis dos objetos usados como target (veremos sobre target mais adiante). A opção Adjacent to offset target start/end marcamos Yes para computar os pontos de início e fim dos objetos de targets.

A opção Along offset target curves pode ser marcada como At na increment para abaixo escolhermos em Curve increment se quisermos adicionar um incremento para as curvas dos objetos de target, se houver.

Abaixo da janela, temos um botão em forma de “+” e um em forma de “x”, com uma lista vazia abaixo. Ao clicar no botão em forma de “+” podemos clicar em qualquer ponto do alinhamento caso queiramos adicionar um ponto de frequência aleatório, que está previsto nas configurações de incrementos e pontos notáveis que foram feitas acima.

Feitas as configurações, podemos clicar em OK para voltar a janela parameters.

2.3. Configurando os targets do corredor


Na coluna ao lado da frequência, temos a coluna Target, onde podemos configurar os alvos do corredor.

Propriedades do corredor - aba Parameters
Propriedades do corredor - aba Parameters

Clique nos três pontos [...] da primeira linha, que é a linha da baseline para configurar todos os targets da baseline, ou clique nos três pontos [...] da linha de uma região para configurar apenas os targets de uma região, ou então clique no botão Set All Targets para configurar todos os targets do corredor. Aparecerá a janela:

Configurando os targets do corredor
Configurando os targets do corredor

Na janela de targets, temos três itens importantes: Surfaces, Width or Offset Targets e Slope or Elevation Targets.

Em surfaces definimos em qual (ou quais) superfícies iremos targetar nosso corredor. Neste item temos uma lista dos subassemblyes que têm como alvo alguma superfície, como os subassemblyes de talude ou de SlopeToSurface.

Clicando na coluna Object Name na linha de cada subassembly, podemos indicar qual superfície o subassembly irá targetar. Como na maioria das vezes todos os subassemblyes targetam na mesma superfície, podemos clicar na opção <Click here to set all> para escolher a superfície na qual iremos targetar todos os subassemblyes.

No item Width or Offset Targets podemos escolher objetos para targetar os subassemblyes. Isso significa que podemos ter uma polylinha, feature line, alinhamento, ou outros objetos lineares e selecionar esses objetos para que determinado subassembly siga a geometria desse objeto. Em outras palavras, podemos, por exemplo, sem mudar o assembly, mudar a largura da plataforma selecionando um objeto que passe no bordo da plataforma que queremos.

Este recurso é muito útil, por exemplo, para adicionarmos a superlargura ao nosso corredor. Como vimos na parte de cálculo de superlargura, são gerados alinhamentos de offset que representam o bordo da rodovia e geram a superlargura nos trechos em curva. Adicionando estes alinhamentos de offset nos targets do corredor de terraplenagem, teremos a superlargura representada no corredor.
Para criar um target, clique na coluna Object Name da linha do subassembly que se deseja adicionar o target (no exemplo acima onde está escrito <none>). A janela abaixo se abrirá:

Adicionando um alinhamento como target ao corredor
Adicionando um alinhamento como target ao corredor

Na primeira opção, temos uma lista onde a opção que está marcada é Alignments; e abaixo, temos uma lista com todos os alinhamentos existentes no arquivo. No caso acima, temos o alinhamento EIXO 01, que é o alinhamento no qual foi criado o corredor, e os alinhamentos de offset, que contém a superlargura. Para adicionar o alinhamento como target, basta clicar sobre ele e depois clicar em Add.

Acima, o alinhamento EIXO 01-Right-3.500 foi adicionado à lista de baixo, pois a linha que clicamos antes para abrir a janela de targets é do subassembly da direita; portanto, adicionamos o alinhamento de offset da direita para que o bordo da plataforma seja deslocado para o alinhamento selecionado.

Em outros casos, ao invés de indicar um alinhamento para servir de target, podemos indicar uma polylinha, 3D polylinha, feature lines, etc. Para isso, devemos mudar a primeira lista da janela de targets para a opção Feature lines, survey figures and polylines.

Adicionando uma feature line ou polylinha como target ao corredor
Adicionando uma feature line ou polylinha como target ao corredor

No caso da janela acima, a opção selecionada na primeira lista é Feature lines, survey figures and polylines. Para adicionar um objeto como target, basta clicar no botão Select from drawing ou Select by layer e escolher os objetos ou o layer dos objetos a serem utilizados como target.

Depois de configurados os targets, basta dar OK.

Na opção Slope or Elevations Targets podemos selecionar objetos para que determinado subassembly siga suas elevações. Isso significa que o subassembly não irá seguir a inclinação determinada em sua propriedade quando ele é criado. Mas sua inclinação será em função das elevações dos objetos selecionados.

De forma semelhante ao target de offset, clique na coluna Object Name da linha do subassembly que se deseja adicionar o target de elevação. Uma janela semelhante ao target de offset se abrirá:

Adicionando um target de elevação ao corredor
Adicionando um target de elevação ao corredor

Desta vez, ao invés da opção de Alignment, temos a opção Profiles. Nesta opção podemos selecionar um alinhamento dentre todos os existentes no arquivo e abaixo selecionar um dos perfis deste alinhamento para que o subassembly siga suas elevações. Escolhido o perfil, basta clicar em Add.

Também temos a opção Feature lines, survey figures and 3D polylines, que funciona exatamente como no target de offset.

Importante: Se quisermos que um subassembly seja targetado tanto em offset como na elevação de um objeto, devemos adicionar esse objeto no target de offset e também no target de elevação.

2.4. Criando a superfície do corredor


Depois do corredor criado e configurado, podemos criar a superfície desse corredor. Para isso, basta ir na propriedade do corredor, na aba Surfaces. Se você fechou a janela de propriedades, para abrir de novo clique sobre o corredor no desenho, depois clique com o botão direito na tela e selecione Corridor Properties; ou então clique com o botão direito sobre o nome do corredor na aba Prospector da Toolspace e selecione Properties.


Botão para criar a superfície do corredor
Botão para criar a superfície do corredor

Na figura acima, temos as propriedades do corredor na aba Surfaces. Para criar a superfície do corredor, clique no botão destacado. Em seguida, selecione a linha da superfície que foi adicionada abaixo e clique no “+” ao lado da lista em que Top está selecionado para adicionar este code à triangulação da superfície do corredor. Não esqueça de deixar selecionado o botão na coluna Add as Breakline. Na coluna Overhang Correction, deixe selecionado a opção Top Links.

Superfície criada no corredor
Superfície criada no corredor

Feito isso, a superfície está criada. Porém, a triangulação da superfície provavelmente não está limitada apenas ao corredor. Se clicarmos em OK e ligarmos os triângulos do estilo da superfície criada, poderemos ver isso.

Superfície do corredor sem limitação
Superfície do corredor sem limitação

Repare acima que as linhas de triangulação (em roxo) estão triangulando também fora dos limites do corredor. Para corrigir isso, devemos voltar as propriedades do corredor e ir na aba Boundaries.

Adicionando boundary à superfície do corredor
Adicionando boundary à superfície do corredor

Na aba Boundaries, haverá uma linha com o nome da superfície que foi criada. Para adicionar limitar a superfície apenas dentro do corredor, clique com o botão direito sobre o nome da superfície e selecione a opção Corridor extents as outer boundary.

Boundary adicionado à superfície do corredor
Boundary adicionado à superfície do corredor

Após adicionado o boundary, basta clicar em OK para fechar a janela e verificar a triangulação da superfície do corredor. Veja como fica a superfície (em roxo) apenas dentro dos limites do corredor:

Superfície do corredor limitada à área do corredor
Superfície do corredor limitada à área do corredor

Lembrando que disponibilizo gratuitamente arquivos de Civil 3D para você utilizar nesse tutorial, inclusive um arquivo com Corredor. Veja aqui os arquivos do tutorial.

Gostou do artigo? Então me siga no FacebookInstagram LinkedIn para ficar por dentro das atualizações do site.

Comentários

  1. Boa Tarde Amigo, tenho uma duvida, no Perfil Longitudinal lanço o Greide uma duvida, na (seção tipo), eu coloco o pavimento a obra acima do greide ou abaixo, minha duvida.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Requisitos do AutoCAD todas as versões e notebooks indicados (atualizado versão 2023)

Blocos dwg Drenagem Álbum DNIT 2018

Blocos dwg de Sinalização Manual CONTRAN

Configurando as unidades do desenho no AutoCAD

Mudando as cores do AutoCAD

Formas de copiar e colar no AutoCAD

Como diminuir o tamanho de um arquivo do AutoCAD (dwg)

FATAL ERROR: Como recuperar arquivos do AutoCAD

Os melhores mouses para AutoCAD (atualizado 2022)